Sobre

PREFEITURA DE ATALÉIA PROMOVE DEBATE SOBRE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA


Veja na integra tudo sobre essa notícia.

PREFEITURA DE ATALÉIA PROMOVE DEBATE SOBRE VIOLÊNCIA...

O prefeito Gilson Botelho recebeu na última terça-feira (7), a visita do juiz da Vara Criminal da Comarca de Teófilo Otoni, Emerson Chaves Motta, para uma reunião com os representantes de instituições que integram a rede de enfrentamento à violência contra a mulher. O objetivo do encontro foi reforçar as ações e atendimentos às mulheres vítimas de violência doméstica em Ataléia.

Entre as autoridades presentes estiveram a diretora da Sedese, Carolina Salomão, as defensoras públicas, Amanda e Rafaela, a equipe da patrulha de prevenção à violência doméstica, capitão Hilário e soldada Luciana.

A reunião também contou com a participação de representantes da Prefeitura, Conselho Tutelar, Polícia Militar, Grupo Mulheres Antenadas e representantes da sociedade civil.

Na ocasião, o juiz Emerson Chaves Motta apresentou o levantamento dos índices de violência no município de Ataléia, sugestões de enfrentamento e medidas adotadas que já se mostraram essenciais diante dos dados que indicaram a necessidade de maior prevenção e proteção.

De acordo com o prefeito Gilson Botelho, o envolvimento dos setores no enfrentamento à violência doméstica passa, sobretudo, pela efetividade na prestação do serviço. Além disso, Gilson citou a qualificação do servidores da Prefeitura, com destaque à Secretaria de Assistência Social, que tem feito um trabalho exemplar no levantamento, diagnóstico e encaminhamentos necessários dos casos registrados em Ataléia.

"Estamos cientes da situação, sensíveis à causa, e seguiremos com esse enfrentamento com apoio dos agentes públicos que atuam no município. Nos colocamos à disposição para contribuir de forma efetiva com as necessidades dos órgãos na realização de suas atividades, solicitando também apoio da Defensoria Pública, Sedese e demais agentes que são especializados neste combate para nos auxiliar", informou Gilson Botelho.

Ao término das explanações, os participantes puderam apresentar estratégias de combate à violência doméstica, propostas e os próximos passos para a sequência das atividades no município.